Sábado, 26 de Abril de 2008

ANANIAS E SAFIRA (A MENTIRA DESMASCARADA)

ANANIAS E SAFIRA

AT 5.1-16.

INT:

1. Ao criar sua Igreja, Jesus tinha em mente uma Igreja forte, imbatível, mas também uma Igreja pura, imaculada. Paulo fala deste objectivo em Ef 5.25-27

2. Porém, certas atitudes dos filhos de Deus, maculam, distorcem a natureza da Igreja. No texto lido, observamos dois elementos, que em razão de sua visão distorcida do Reino de Deus, tentaram macular a simplicidade e sinceridade que deve permear a vida da Igreja.

3. Deus não tolera os pecados contra a Igreja e age de forma implacável. Vejamos hoje "ALGUNS PECADOS QUE PODEM TRAZER SÉRIOS RISCOS ÀQUELES QUE OS ALIMENTAM":

I) UM COMPORTAMENTO DISTORCIDO ACERCA DA CONTRIBUIÇÃO PARA A OBRA DE DEUS

a)                 Ananias e Safira, quiseram usar sua contribuição, como um meio de promoção pessoal dentro da Igreja. Gostaram da ideia de serem destacados no meio dos irmãos, pelo valor monetário, pela quantidade de sua oferta.

b)                 Certamente, ficaram com inveja ao ver como a Igreja reagira ao receber a contribuição do irmão Barnabé, quando ele trouxe uma significativa oferta, At 4.36-37

c)                   Quiseram fazer o mesmo, para receber uma "justa homenagem", V 1,  V 2

2. Porém, Deus não está interessado no "valor monetário" de nossas contribuições, mas sim, em nossa motivação correcta ao contribuirmos para seu Reino. Vejamos alguns exemplos na Palavra de Deus:

a. A contribuição dos "ricos e da viúva pobre", Mc 12.41-43,

a.1. Enquanto os ricos davam de suas sobras, a viúva deu tudo o que tinha. Enquanto os ricos davam para ser observados pelos outros, a viúva deu com seu coração, ainda que correndo o risco de ser ridicularizada pela insignificância de sua oferta aos olhos dos homens.

a.2. Ao contribuirmos com nossos dízimos e ofertas para a Casa de Deus, devemos fazê-lo de todo o nosso coração e não para sermos destacados no meio dos irmãos. Os ricos davam querendo ser notados, a viúva não podia ser notada considerando-se a quantidade de sua oferta. Porém Jesus se agradou da oferta da viúva e desagradou da oferta dos ricos, em virtude da motivação errada de suas contribuições.

b. Esta foi a razão, porque Deus recebeu a oferta de Abel, e rejeitou a oferta de Caim, Gn 4.3-5

b.1. A razão pela qual Deus teria rejeitado a oferta de Caim tem sido alvo de questões teológicas, chegando alguns a achar que Deus recebeu a oferta de Abel em virtude do sacrifício de sangue (sacrifício de ovelhas), enquanto que rejeitou a oferta de Caim porque ofereceu produtos da terra (cereais e frutas).

b.2. Porém a rejeição de Deus à oferta de Caim foi em razão de seu desleixo, de sua maneira superficial em sua aproximação do Senhor. Tudo quanto dermos ao Senhor, deve ser dado de coração, Cl 3.23, "E tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor, e não aos homens".

c. A contribuição deve ser espontânea, e nunca motivada por qualquer pressão externa, II Co 9.7 Jamais devemos contribuir para Deus por qualquer constrangimento, acompanhando o leilão de ofertas que hoje é muito comum em certas igrejas.

d. Cumpridas as exigências da motivação correcta para nossas contribuições no Reino de Deus, devemos dizer que o valor monetário de nossas contribuições, só tem valor no sentido de "semente". Quanto mais plantarmos, mais colheremos, II Co 9.6, 10, "6 Se você pode dar mais, dê mais, porque você estará colhendo na medida em que você semear.

e. Nossas contribuições feitas de forma correcta, glorificam a Deus, II Co 9.12-13

3. Deus não se agrada, e até mesmo abomina, quando queremos fazer de nossas contribuições, um trampolim para nossa exaltação pessoal, ou status no meio dos irmãos. Vamos contribuir, usando a motivação correcta.

II) UM COMPORTAMENTO DISTORCIDO ACERCA DA MENTIRA

a)                  Para levarem seu plano adiante, Ananias e Safira, precisavam arranjar uma "mentirinha genial". Era uma mentira que não iria prejudicar ninguém, afinal o dinheiro que iriam dar cobriria tudo, uma vez que os "fins justificam os meios". Estavam dando uma "grande oferta" para Deus, e uma pequena mentira, não faria mal algum, V. 1, “mas” aponta para o sucedido anteriormente, os crentes até nem eram servos de mamon. Mt 6:24; At 4:32

b)                 O “Mas” leva-nos de uma cena do mais alto grau e regozijo para uma grande desilusão, Ananias, significa Protegido por Deus e Safira formosa, mas o procedimento dos dois não concordava com o sentido dos nomes. V 2, “reteve” significa reter desonestamente.

c)                  Quantos filhos de Deus têm sido vítimas de Satanás, e suas artimanhas, porque suas bocas proferem "mentirinhas", que não fazem mal a ninguém? A Palavra de Deus, nos alerta contra a mentira de uma forma severa. Sl 101:6

d)                 O Diabo é o "Pai da Mentira", ainda que o mentiroso não admita tal facto, Jo 8.44. O grande autor da mentira é Satanás, e todos aqueles que vivem na mentira, estão servindo a ele, tendo a recompensa de tê-lo como pai.

e)                  A mentira tem uma afinidade com o engano e tapeação. Ananias e Safira, quiseram enganar e tapear os apóstolos, porém um coração que age assim, é uma presa fácil de Satanás, V. 3.

f)                   Pedro era um homem inspirado por Deus. At 4:8

g)                  O mesmo Espírito inspirou-o a falar o que falou a Ananias, pelo dom de discernir os espíritos. I Cor 12:10

h)                  Meus amados a mentira e a Hipocrisia não pode permanecer num ambiente de Pentecostes At 8:17-25 Foi assim com Judas, o traidor de Jesus. Ao traí-lo com um beijo, ficou confirmado o engano e a mentira, o que proporcionou a entrada do Diabo em seu coração: Jo 13.2

i)                    A traição de Judas ao Senhor começou quando ele permitiu que o Diabo falasse ao seu coração. Devemos lembrar que a tentação ocorre primeiramente na mente e só depois de alimentada desce ao coração, Tg 1.14-15

j)                   Lc 22.3, "Entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por sobrenome Iscariotes, o qual era do número dos doze". Aqui a Palavra nos declara que Satanás já havia "entrado em Judas". Judas começou a articular, juntamente com os principais da religião, um acto de falsidade e mentira para trair Jesus. Foi por esta razão que o Diabo "entrou nele". Temos aqui um tipo de "falsidade premeditada", "mentira consciente", que acaba sendo um veneno em nosso relacionamento com Deus e com nosso semelhante Pv 17:9,17

c.3. Lc 22.47-48 Encontramos neste trecho a consumação do acto da traição que terminou com a morte de Jesus na cruz, e consequentemente com o suicídio de Judas para sua própria condenação e desgraça, Mt 27.3-5.

c. A mentira era tratada de forma muita séria no AT, que a falsa testemunha, quando apanhada em sua mentira, recebia a mesma pena que estava sendo imposta ao réu, Dt 19.17-20.

3. O crente verdadeiro, é amigo da verdade, não fica apoiando mentiras, fala somente a verdade, Mt 5.37.

III) UM COMPORTAMENTO DISTORCIDO ACERCA DA OMNISCIÊNCIA DE DEUS

a)                 Ananias e Safira, foram infantis ao tentar encobrir a verdade dos apóstolos. Mal sabiam eles que os olhos de Deus, acompanhavam toda a maquinação do plano diabólico. Talvez, conversaram: "Ninguém vai saber, fica só entre nós". Puro engano! Ao mesmo tempo da trama, o Espírito Santo, estava revelando tudo a Pedro. Que surpresa para eles! Agora confrontados com a verdade: Sl 64:5; 94:9

b)                  A Morte de Ananias como disciplina imediata de Deus, V 3-5.

c)                  A morte de Safira, V 7-10.

d)                 Caíram no mesmo pecado de Acã, Js 7.

e)                 Há um grande erro no meio do povo de Deus, em achar que Deus não está atento às nossas acções. Vejam o que a Palavra de Deus nos fala sobre isto:

f)                   Jó 34.21, "Nada escapa aos olhos do Senhor". Eles estão atentos a todos os nossos actos. Hb 4:12; Sl 139.1-12.

g)                 Deus conhece, não só minhas palavras, mas os meus pensamentos e as intenções do meu coração. É puro engano achar que nossas intenções malignas, ficam escondidas de Deus. Sl 139:1,2; 7:9

h)                 Fisicamente, também, não há como nos esconder de Deus, pois sua presença, está em todos os lugares. Deus está na maior altura, nas profundezas do mar, nas profundezas da terra, nos confins do universo, etc. Sl 139:3-10

i)                   Deus não somente me "conhece", mas também me "vê", Jr 12.3, "Mas tu, ó Senhor, me conheces, tu me vês, e provas o meu coração para contigo; arranca-os como as ovelhas para o matadouro, e dedica-os para o dia da matança".

CONCLUSÃO

1. Quando nossas motivações e visões estão distorcidas, certamente nossos caminhos acompanharão nossas visões. As consequências, são desastrosas.

2. Ananias e Safira morreram fisicamente, e é possível que morreram também espiritualmente, Hb 10.31, "Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus Vivo".

3. Devemos ter em mente que o fruto colhido será sempre do mesmo tipo e natureza da semente plantada, Gl 6.7-8, "7.

4. Vamos fazer uma correcção nos nossos caminhos. Deus quer um concerto contigo nesta noite.

publicado por PASTOR MATOS às 10:38
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

CALHETA-MADEIRA; MISSÃO DA MADEIRA E AVEIRO

 

LOGOTIPO EXCLUSIVO DA ASS. DE DEUS EM PORTUGAL

 

publicado por PASTOR MATOS às 00:20
link do post | comentar | favorito
|

PÁSCOA 2008

LURDES MATOS CANTANDO O HINO,

"A CRUZ DO MEIO"

PEÇA, DÚVIDAS DA PÁSCOA

 

 AS CRIANÇAS E OS OVOS DA PÁSCOA

publicado por PASTOR MATOS às 00:05
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

FESTA DE NATAL DE 2007

publicado por PASTOR MATOS às 23:45
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 12 de Abril de 2008

SETE PASSOS PARA A SALVAÇÃO

SETE PASSOS PARA A SALVAÇÃO
 
1 Reconhecimento
"Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus."
"Ó Deus, sê propício a mim, pecador!"
Romanos 3.23; Lucas 18.13

2 Arrependimento

"Se, porém não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis."
"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem
cancelados os vossos pecados."
Lucas 13.3; Actos 3.19

3 Confissão
"Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos
perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça."
"Se, com a tua boca, confessares
Jesus como Senhor e, em teu coração creres que Deus
o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo."
I João 1.9; Romanos 10.9

4 Renúncia
"Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo, os seus pensamentos...
e volte-se para o nosso Deus, porque GRANDIOSO É em perdoar."
Isaías 55.7

5 Crença (FÉ)
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho
unigénito, para que todo o que nele crê não pereça,
mas tenha a vida eterna."
Quem crer e for baptizado será salvo; quem, porém, não
crer será condenado."
João 3.16; Marcos 16.16

6 Recebimento
"Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder
de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem
no seu nome."
João 1.11,12

7 Firmeza
"Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza,
às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos."
Hebreus 2.1
 
CONCLUSÃO
 
1 Reconhecimento
2 Arrependimento
3 Confissão
4 Renúncia
5 Crença
6 Recebimento
7 Firmeza
publicado por PASTOR MATOS às 23:25
link do post | comentar | favorito
|

FESTA DE NATAL DE 2007

publicado por PASTOR MATOS às 22:43
link do post | comentar | favorito
|

FESTA DE NATAL 2007

publicado por PASTOR MATOS às 22:41
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A PRÁTICA DO PERDÃO

. DIA FESTIVO

. Características do Cidadã...

. AS OITO BEM-AVENTURANÇAS

. EVIDÊNCIAS DA RESSURREIÇÃ...

. A CONFISSÃO DE PEDRO

. A IDOLATRIA

. O PERDÃO

. Coisas que Deus aborrece

. A BONDADE MAL INTERPRETAD...

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds